Como escolher padrinhos e madrinhas

padrinhos e madrinhas

Foto: Ricardo Hara

O momento da escolha dos padrinhos e madrinhas não é uma tarefa nada fácil. Os noivos ficam na dúvida em quais amigos ou familiares escolher e, muitas vezes, tem medo de estar escolhendo a pessoa errada ou chatear alguém.

Você já pensou sobre quem serão seus padrinhos no Grande Dia? Veja nesse post algumas dicas que irão te ajudar nessa escolha.

 

Significado

Antes de tudo é preciso entender o real significado dos padrinhos e madrinhas. A função deles não é apenas ficar ao lado do casal enquanto a cerimônia é realizada. O principal sinônimo de padrinhos é cuidar e ajudar.

Portanto, quando os padrinhos recebem esse tipo de convite, devem entender que precisam ser pessoas que estarão presentes na vida do casal para todos os momentos.

O casal precisa pensar em quem os acompanhará, não apenas no Grande Dia, mas para a vida.

 

Afinidade

Priorize aqueles amigos que você sabe que pode contar até o fim de sua vida. Opte por escolher aquele ciclo de amigos que estava com você não apenas em festas, bares e ocasiões alegres. Pense em todos os seus momentos especiais e veja quem estava ao seu lado.

Não é obrigatório convidar os amigos do dia a dia do casal. Muitas vezes, aquele amigo que você não vê com tanta frequência é mais importante do que aquele que faz parte da sua rotina.

 

Existe um número mínimo?

Dependendo do local há um número específico. Há Igrejas, por exemplo, que determinam a quantidade de padrinhos dos noivos, enquanto em outros locais não delimitam isso. Mas aconselhamos o uso do bom senso para que o altar não fique apertado entre os padrinhos e que visualmente não fique algo feio. Além de desconfortável, entre 4 e 5 casais é um bom número.

 

Separar casal

Aquela sua melhor amiga está namorando há alguns meses. É preciso convidar o namorado para ser padrinho? Não, não existe uma regra para isso. A não ser que o casal tenha criado um vínculo muito grande com ele e sinta a necessidade de convida-lo. Caso contrário, não é obrigação. O namorado da sua melhor amiga irá entender que não acompanhou a história do casal desde o início.

Outra dica importante é não separar casais. Essa é uma regrinha de etiqueta que deve ser seguida. Isso porque pode gerar um desconforto e um clima esquisito durante a cerimônia.

 

Familiares

Esse é o momento mais difícil, porque sempre tem aquele parente que fica chateado por não ter sido escolhido para fazer parte do Casamento. Uma dica importante é não cair na pressão de ninguém e escolher os familiares que o casal tem mais afinidade. Se achar necessário, converse com as pessoas que ficaram chateadas e explique que, de qualquer forma, elas estão em seu coração.

Siga o seu coração, é importante ter ao seu lado amigos e familiares que além de serem inspirações para vocês, torçam pela felicidades do casal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.