Entendendo o Cortejo de Casamento


Você já parou para reparar a ordem de entrada de cada pessoa na cerimônia? E qual o motivo por trás desta ordem?

No post de hoje você vai entender o Cortejo de Casamento!

Tudo começou no Casamento da Rainha Victória com o príncipe Albert, na Inglaterra. Ela quem revolucionou a maneira de se fazer o Casamento por diversas razões: pioneira no uso do vestido branco, primeira a criar o hábito de dar uma grande festa, e, por último mas não menos importante, foi a primeira a seguir a ordem do cortejo de Casamento como conhecemos hoje.

Bom, é claro que não é obrigação seguir o protocolo e que isso pode variar de acordo com as diferentes religiões! Mas, na maioria das cerimônias, seguimos assim:

Primeiramente, vem o noivo acompanhado de sua mãe ou alguém representando a figura materna. Isso se explica porque, aos olhos da religião cristã, é o homem quem dá início à família.

Após isso, vem o pai do noivo acompanhado da mãe da noiva. Ambos representam a junção das duas famílias que agora tornam-se uma.

Agora, hora dos padrinhos! O número de padrinhos varia muito, mas deve estar alinhado com a capacidade de pessoas no altar. Lembre-se que o conforto é sempre elegante e que um altar cheio de padrinhos podem “apagar” os noivos. Os padrinhos tem a função de abençoar com boas energias o matrimônio.

Então, vez das daminhas e pajens! A ordem geralmente é baseada na idade das crianças. Antigamente, acreditava-se que a presença das crianças na cerimônia de casamento simbolizava a pureza e daria sorte aos filhos que viriam a ser frutos da relação. Vale lembrar que, não necessariamente você precisa de daminhas e pajens em seu cortejo. Mas que eles enchem esse momento de fofura, ahh, isso não podemos negar!

e agora… a hora mais esperada: a entrada da noiva junto à sua figura paterna! O pai leva a noiva ao noivo, como quem consente “entregar” sua filha amada à um homem de sua confiança.

Para trazer ainda mais comoção à esse momento, é comum que as noivas tragam junto ao buquê uma medalhinha com a foto de algum ente querido que já se foi para que possa participar deste momento em memória.

Após a troca de alianças e o fim da cerimônia, os noivos geralmente cumprimentam os padrinhos no altar.

Seja como for, você pode fazer algo totalmente original e inovar este momento único que é a cerimônia. Certifique-se de que o Buffet contratado por você tenha um serviço que lhe auxilie neste momento ou contrate uma assessoria caso fique mais segura.

O mais importante é que este rito seja repleto de emoção!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.